Como as FAKE NEWS afetam as empresas

As tão conhecidas fake news, infelizmente, fazem parte do cotidiano da sociedade contemporânea. Com as transformações digitais, a globalização e a diminuição das distâncias, com a popularização da internet e das redes sociais, o potencial de influência e de viralização dessas notícias duvidosas se multiplicou absurdamente. Percebendo essa dinamicidade do cenário pós moderno, muitos passaram a utilizar a divulgação de notícias falsas como forma de influenciar, promover e garantir interesses, nos mais diversos sentidos. Assim, sejam de caráter duvidoso, difamatório, calunioso ou violador, as fake news ganharam muito destaque e atualmente são fortemente combatidas.

Mas não é de hoje que informações falsas, ou pelo menos sem fontes de origem confiáveis, são espalhadas. Desde fofocas, cartas violadas, bilhetes forjados, a mensageiros fantoches, alguma forma de promoção de informações inautênticas sempre esteve presente na história da evolução das sociedades. Elas parecem ser intrínsecas à natureza humana competitiva e invejosa e atravessaram séculos da humanidade nos mais diversos formatos e veículos. Hoje, no entanto, o problema é que tais falsidades tomaram uma dimensão e volume tão inimagináveis que são cada vez mais difíceis de serem filtrados e monitorados.


O grande problema das fake news para as empresas


Nas empresas, o impacto dessas notícias falsas, publicadas em veículos de comunicação como se fossem informações reais, é notavelmente danoso. Esse tipo de texto, que, em sua maioria, são divulgados a fim de legitimar um ponto de vista, ou favorecer alguém, ou ainda algo, são capazes de prejudicar profundamente a imagem e a reputação de uma empresa.

As fake news, nesse sentido, podem diminuir as vendas e provocar perda de receita, prejuízos; podem dificultar a atração e a retenção de mão de obra qualificada; podem gerar exposição de inconsistências na organização de uma empresa; podem causar insegurança e ocasionar sentimento de não transparência e não cumplicidade, bem como podem gerar problemas de comunicação e gerenciamento.


Como agir em caso de fake news relacionada ao seu negócio

Caso a sua empresa se torne alvo de notícias enganosas, o primeiro passo é vir a público e comunicar o ocorrido. Se pronunciar esclarecendo a situação deve ser o primeiro passo porque diminui as proporções de impacto causado sobre a imagem de sua empresa. Se você se pronunciar rapidamente, está contribuindo para acabar com a audiência e diminuir o alcance das notícias falsas.

Em seguida, em casos como esses, dar satisfação a todos os interessados (clientes, por exemplo), respondendo perguntas e reagindo a críticas feitas ajuda a contornar a situação desconfortável gerada. Isso acalmará os ânimos de todos e fará com a voz de seu público seja pelo menos escutada.

Passos para identificar FAKE NEWS

Como consumidores, sabemos que pode ser muito difícil diferenciar informações verdadeiras de informações falsas, principalmente frente às inúmeras fontes de informação que temos acesso hoje em dia. Pensando nisso, o Ministério da Saúde desenvolveu um passo a passo para nos ajudar a resolver esse problema:

" Avalie a fonte, o site, o autor do conteúdo.

Muitos sites publicadores de fake News têm nomes parecidos com endereços de sites de notícias. Portanto, avalie o endereço e verifique se o site é confiável, missão. Também veja se outros conteúdos do site também são duvidosos.

Avalie a estrutura do texto

Site que divulgam fake News costumam apresentar erros de português, de formatação, letras em caixa alta e uso exagerado de pontuação.

Preste atenção na data da publicação

Veja se a notícia ainda é relevante e está atualizada.

Leia mais que só o título e o subtítulo

Leia a notícia até o fim. Muitas vezes, o título e o subtítulo não condizem com o texto.

Pesquise em outros sites de conteúdo

Duvide se você receber uma notícia bombástica que não esteja em outros sites de notícia.

Veja se não se trata de site de piadas

Alguns sites de humor usam da ironia para fazer piada.

Só compartilhe após checar se a informação é correta

Não compartilhe conteúdo por impulso. Você é responsável pelo o que você compartilha." -Blog Ministério da Saúde

Fonte:http://www.blog.saude.gov.br/index.php/servicos/53504-8-passos-para-identificar-fake-news


2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

ENTRE EM CONTATO COM A GENTE

Qualitas Jr

@qualitasjr

Institucional

Qualitas Jr.

(19) 98101-2907

contato@qualitasjr.com.br

Presidência

Isabela Baldessim

(19) 98101-2907

isabela.baldessim@qualitasjr.com.br

Comercial

Mariah Firmino

(19) 99686-8808

mariah.firmino@qualitasjr.com.br

Av. Alan Turing, 805 - Cidade Universitária        13083-898 - Campinas – SP

© 2023 by ITG. Proudly created with Wix.com