As subculturas digitais mais influentes - JMN

Atualizado: Jul 31

Jovens, Mulheres e Netizens:

Jovens na mente

Mulheres no mercado

Net-cidadãos no coração


Você provavelmente já ouviu falar, pelo menos, sobre um desses grupos, certo?

Mas, afinal, o que JOVENS, MULHERES e NETIZENS têm em comum? Por que é tão importante conhecê-los e buscá-los como aliados?

Desde sempre ouvimos que, para se obter sucesso em qualquer negócio, é preciso ter um público alvo específico no qual focaremos nossas estratégias, sempre em busca de atender as necessidades fundamentais desse público. Sobre esse assunto, Kotler apresenta, em seu livro “Marketing 4.0”, lançado em 2017, que um dos caminhos mais assertivos para que seu negócio (independente do seu setor de atuação) alcance o sucesso, é focar em três principais subgrupos: jovens, mulheres e netizens.

É exatamente isso que você concluiu! Agradar esses três subgrupos dará a você e à sua empresa a possibilidade de conquistar verdadeiros defensores de marca. Apesar de possuírem características distintas entre si, cada um desses subgrupos possui especificidades que os tornam não só os mais influentes na era digital, como também representantes de um público consumidor que é bastante lucrativo para a sociedade. Assim, viemos responder algumas das perguntas que você deve estar se fazendo agora, tais como: Quais as características de cada um desses grupos? Como posso fazer para conquistá-los como defensores de minha marca?

Pois bem, vamos lá!

Vamos começar falando dos jovens, segmento que possui grande potencial de mercado para o seu micro ou pequeno negócio. De acordo com Kotler (2017), eles configuram o perfil que representa o gatilho ativo mais relevante quando se fala em posicionamento de marca. Por serem mais curiosos, são os consumidores que mais se arriscam e testam produtos e serviços com muito mais frequência. Devido a isso, são considerados “earlyadopters”, ou seja, adotantes iniciais de novos produtos e tecnologias.

Além disso, eles também são definidores de tendências. São pessoas que além de estarem mais dispostas a comprar um produto ou serviço no lançamento, tendem a serem porta-voz da marca que consomem. Esse perfil sente prazer em ter o privilégio de ser o primeiro em conseguir consumir algo. Um exemplo disso são as filas enormes e as loucuras que as pessoas fazem nos lançamentos de determinados produtos.

Os jovens estão sempre buscando novas soluções para seus problemas do dia a dia e, com isso, são consumidores mais “impulsivos”. Podemos dizer que esse nicho aceita com mais facilidades os problemas e imprevistos que as marcas podem ter quando não correspondem às expectativas. No entanto, isso não significa que eles são passivos. Eles vão experimentar e, por consequência do perfil de consumo, vão opinar. Como esse segmento é altamente conectado, você pode imaginar o poder que eles possuem de causar um grande impacto no seu mercado, tanto a favor como contra a sua marca.

O perfil das mulheres é muito interessante de ser estudado. Segundo Kotler (2017), as mulheres, normalmente, ao contrário dos homens, desempenham 3 papéis. São eles: coletoras de informações, compradoras holísticas e gerentes domésticas.

Em primeiro lugar, coletoras de informações, pois possuem um processo de tomada de decisão muito mais complexo. Enquanto o do homem é curto e direto, o da mulher se assemelha a uma espiral, muitas vezes retrocedendo a passos anteriores, preocupada em coletar novas informações. Compradoras holísticas, justamente pelo fato de seu processo de compra ser em forma de espiral. As mulheres conseguem compreender muito melhor o todo e com isso realizam compras muito mais assertivas. Diante dessas características, as mulheres são gerentes domésticas, uma vez que supervisionam as compras e gerenciam os ativos da melhor forma. 

Por fim, quem são Netizens? Mais conhecidos como Influencers, esse grupo de pessoas tão inovador é um dos mais importantes a serem entendidos para que você consiga obter sucesso no seu negócio. Os Netizens são aquelas pessoas que se dedicam para produzir conteúdos na internet, possuindo uma voz ativa e sendo escutados por seus "seguidores”. Eles prezam por coletar informações de qualquer área que possuem interesse (e é aí que você entra); avaliá-la, ou seja, ver se o produto ou serviço que experimentou é realmente bom para poder divulgá-los com um olhar mais crítico; e por fim criar o conteúdo em cima desse processo todo. 

Em resumo, os JMN´s são categorias objetivas para grupos de pessoas que tendem a apresentar comportamentos bastante peculiares na formação de uma jornada de compra. Sendo assim, estudá-los e compreendê-los é fundamental! Saber quais são seus comportamentos e como impressioná-los já é um grande passo se seu objetivo é crescer dentro do mercado e garantir que cada vez mais consumidores conheçam sua marca. Afinal, garantir que seu negócio comece a ocupar a mente dos consumidores, com maior força e escalabilidade, depende de exclusivamente de você. 


Agradecemos sua leitura e esperamos que aproveite essas informações da melhor forma. Nos vemos em breve, até mais!



KOTLER, Philip; KARTAJAYA, Hermawan; SETIAWAN, Iwan. Marketing 4.0: Mudança do Tradicional para o Digital. 1. ed. Sextante, 2017.



31 visualizações5 comentários

ENTRE EM CONTATO COM A GENTE

Qualitas Jr

@qualitasjr

Institucional

Qualitas Jr.

(19) 98101-2907

contato@qualitasjr.com.br

Presidência

Paulo Buscariolli

(19) 98295-9933

paulo.buscariolli@qualitasjr.com.br

Comercial

Isabela Baldessim

(19) 98101-2907

isabela.baldessim@qualitasjr.com.br

Av. Alan Turing, 805 - Cidade Universitária        13083-898 - Campinas – SP

© 2023 by ITG. Proudly created with Wix.com